Loading...

O homem cortês está certo de que o seu coração não será jamais uma ilha solitária. Francis Bacon

Cortês:Que tem ou denota cortesia; amável, delicado, gentil.

Amável:
De trato ameno; agradável.
Delicado:
Sensível, sutil.
Gentil:
Gracioso, delicado.
Civilidade:
Conjunto de formalidades observadas pelos cidadãos entre si em sinal de respeito mútuo e consideração.

Razões não faltam para se praticar a cortesia no cotidiano.

Prof. Mauro

Comunicado importante do CSM

O USO DO COMPUTADOR NAS FÉRIAS Computador em casa: Benefícios e riscos Da mesma forma que frequentamos a escola, estabelecemos regras de condutas sociais e adotamos boas práticas de alimentação e saúde, devemos cuidar da utilização segura do computador familiar, para que não sejamos surpreendidos por situações desagradáveis, não somente do ponto de vista pessoal, mas também penal. Apesar do Orkut, salas de bate-papos, messengers e blogs serem excelentes veículos de comunicação com os amigos e momentos de entretenimento, nesse momento de férias escolares, é importante alertar que constituem um risco na utilização indevida da informação por parte de terceiros mal-intencionados. O acesso a essas informações pode contribuir para furtos, roubos, sequestros e assaltos, conforme divulgados pela mídia. Portanto, é necessário tomar cuidado no uso do computador familiar e na navegação na Internet pelos filhos, observando as seguintes dicas: 1- Instalar o computador familiar em local de fácil acesso a todos. 2- Estabelecer regras e limites para o uso da Internet, adequadas à idade do filho. Fixar um horário ou tempo limite de acesso, conversar sobre os sites e serviços que ela pode ou não pode usar e explicar o motivo. Monitorar o uso de salas de bate-papo e de comunicadores instantâneos. 3- Dedicar um tempo para navegar com o filho. Divertir com ele pela rede, conhecer os sites preferidos, os programas que ele usa e as atividades que faz. Contato oportuno para propor sites e atividades interessantes. 4- Manter atualizados todos os softwares utilizados (sistema operacional, antivírus, antispams). 5- Bloquear o acesso a sites que, de acordo com a opinião familiar, não são adequados para os filhos, conforme idade, maturidade e crenças pessoais. Usar os recursos que o provedor oferece para bloquear todo e qualquer site ou conteúdo que considere inapropriado para o seu filho. 6- Verificar o histórico de acesso aos sites. 7- Ensinar a criança a não fornecer informações pessoais como nome, endereço e escola em que estuda em conversas pela Internet, bem como a disponibilização de fotos. 8- Evitar o uso de webcam com estranhos. 9- Orientar de nunca marcar encontros com amigos virtuais e fazer downloads de fotos, programas ou quaisquer outros arquivos oferecidos por estranhos. 10- Ensinar os filhos a fazerem um uso responsável dos recursos on-line. Somente por meio da mudança de comportamento dos usuários, com ações mais seguras, que são, na verdade, reflexos da educação assimilada, é que conseguiremos evitar problemas e educar nossas crianças e jovens a utilizar a Internet de forma benéfica. Por isso, a comunicação é fundamental. Mais do que qualquer programa ou filtro, a conversa sincera entre pais e filhos ainda é a melhor arma para enfrentar os perigos que a Internet pode oferecer. Fontes: Informativo mensal da CEMIG – Dez./2006 Disponível em: www.safernet.com.br acesso em 13/07/2010 www.dnt.adv.br/noticias/cartilha-orientacao-aos-pais-no-combate-a-pedofilia-na-internet/ acesso em 13/07/2010 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUCMINAS E DO COLÉGIO SANTA MARIA